Gente de todo país na oficina dos Núcleos de Estudos em Agroecologia no IX CBA

Avanços e desafios dos NEAs em debate
(Fotos: Geysele Santa Brígida)
Mais de 150 pessoas participaram da oficina de Articulação dos Núcleos de Estudos Agroecologia (NEAs) durante o segundo dia (29/09) do IX CBA. Estudantes, pesquisadores e professores das universidades, institutos federais e outros centros de pesquisa de todo o Brasil discutiram os avanços e desafios da atuação dos NEAs nos territórios.

A oficina foi coordenada pelo professor Henderson Nobre, da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), e contou com a apresentação do processo histórico que orientou a constituição dos NEAs, feita por Virginia Aguiar, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da direção da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA). Virginia ainda contextualizou as realizações tecidas no I Seminário Nacional de Educação em Agroecologia, realizado em Recife em 2012, e outras iniciativas propostas pela ABA no campo da construção do conhecimento agroecológico.



Debate por regiões apontam propostas de atuação em rede

Grupos discutiram as propostas por regiões
Reunidos em grupos por regiões, os participantes formularam propostas que foram socializadas e registradas pela plenária. Entre as principais reflexões estão à necessidade de fortalecer e referenciar a ação dos NEAs aos territórios nos quais a pesquisa, o ensino e a extensão estão inseridos. 

Outro debate fundamental foi o momento de definição relacionado à manutenção e sustentação dos NEAs que buscam prorrogação dos prazos para execução dos projetos, além de outras melhorias necessárias para desenvolvimento e continuidade das ações. Questão que será discutida em reunião com o CNPq em outubro.

Oficina dos NEAs - Fortalecer o diálogo e os canais de comunicação entre os núcleos nas regiões e em todo o país, além de integrar os esforços com as articulações estaduais de agroecologia foram outros destaques que serão aprofundados na oficina dos NEAs que acontece após o CBA em Belém, nos dias 02 e 03 de outubro. A oficina é aberta a todos os NEAs.

Natália Almeida - Comunicação da ABA