Construção agroecológica a nível mundial é um debate urgente

Foto: Cléver Sena
O IX Congresso Brasileiro de Agroecologia reúne pesquisadores internacionais que buscam propagar e valorizar a experiência de disseminação do conhecimento. Stéphane Bellon, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa Agroeconômica (INRA-França), veio a Belém mediar a mesa redonda sobre Estudos Cientométrico dos Congressos Brasileiros de Agroecologia. 

O que mais chamou a atenção do pesquisador foi a forte participação dos jovens. “Vejo a necessidade dos jovens de pensar e de ir atrás de assuntos diversos, não se limitando ao conhecimento puramente acadêmico”, afirma Stéphane.

Para o pesquisador francês, a agroecologia necessita ser pensada por meio de várias iniciativas. “Precisamos estar juntos e conectados para fortalecermos a construção dos debates dessa temática. Esse é o momento para trocar experiências”, disse Stéphane. “O tema da agroecologia é de extrema importância e emergência. Nós temos que pensar mais coletivamente. E o pesquisador tem um papel de produção de conhecimento e circulação desse conhecimento. É preciso pensar em várias iniciativas para a construção agroecológica a nível mundial”, finaliza o pesquisador.

Tatiane Monteiro - estudante de jornalismo da Universidade da Amazônia